HeartPhone

19 dez

HeartPhone_PT

Esta conferência (conversa)é fruto de anos e anos de envolvimento com a música em todas as suas esferas. O autor alia a sua investigação à de outros estudiosos do tema em busca de expandir as fronteiras do que se sabe sobre os diversos fenômenos associados ao encadeamento mágico de notas e acordes que produzem som e música.

Entre os tópicos abordados estão estudos sobre a exposição de bebês e crianças ao som e à música desde a tenra idade; como o acesso à educação musical pode contribuir para melhorar o aprendizado; a música como terapia; a música e os sons como parte de rituais; as reações ao som, que podem variar de indivíduo para indivíduo e de coletivos para coletivos; como a música pode ser melhor apreciada nos vários momentos e locais onde se manifesta; as sensações que acordes maiores ou menores podem gerar para diferentes ouvintes; os vários gêneros e ritmos de música, entre outros assuntos.

O poder da música é oferecer momentos lúdicos e relaxantes para toda a família, para todas as idades, além de estimular o movimento do corpo e a conexão com a mente e a alma. Tudo isso emana harmonia, paz, amor, relaxamento, ludicidade. A Ciência está a provar que música faz bem para a saúde e bem-estar dos ouvintes e ajuda no desenvolvimento emocional, físico e psicológico. Ao estarmos expostos a boas músicas nos sentimos mais vivos, mais criativos, permitindo novos vôos.

Ponha seu HeartPhone e venha junto perceber os sons e músicas que o multiverso nos apresenta.

 

SOBRE O AUTOR
Wagner Merije é escritor, conferencista, jornalista, educador, editor, músico e criador multimedia. Sua formação heterodoxa tem o levado a apresentar trabalhos e criações em diversos países, em diferentes espaços de saber. Desenvolve investigações nos campos da literatura, música, áudio e imagem, comunicação e tecnologia, e como essas linguagens e as ferramentas tecnológicas podem contribuir para a emancipação de estudantes e educadores. Já criou projetos para escolas, universidades, empresas, órgãos governamentais internacionais, ONGs, galerias, festivais, feiras e congressos, sempre buscando unir linguagens e participantes. Já foi agraciado com distintos prêmios. Conduz várias iniciativas para a promoção da cultura, da inovação e do empreendedorismo no Brasil, em Portugal e em outros países. Ele é o criador do canal Peace Shaanti Zen no Youtube.

www.aquarelabrasileira.com.br/heartphone

www.youtube.com/@PeaceShaantiZen

Share

Radio Suprasensorial

23 nov

Ouça alguns sets do DJ SUPRASENSORIAL (Merije)
Listen to some sets from DJ SUPRASENSORIAL (Merije)

MusicTherapy for free souls, for all time, for all ages 

Para contratar o DJ Suprasensorial_To hire the DJ Suprasensorial

faleaquarela@gmail.com 

Want more:

www.merije.com.br/som

Share

Salomé+O Vencedor do Tempo_Fernando Pessoa

13 nov

Salomé+O Vencedor do Tempo_Fernando Pessoa_capa promo

 

 

Foto de Wagner Merije para o livro de Fernando Pessoa

Saiba mais em

www.aquarelabrasileira.com.br/salome-o-vencedor-do-tempo-fernando-pessoa

Share

Gira Gira Mundo

11 nov

A Aquarela Brasileira Multimedia orgulhosamente apresenta um programa mui divertido como um teatro de variedades.

 Gira Gira Mundo_divulgação_1280

Gira Gira Mundo é um projeto multimedia que une música, literatura e imagens numa celebração ao encontro de pessoas de diferentes nacionalidades que co-criam em Coimbra.

 

 

Programa

Audiovisuais

The Body Poets – Grocery Store

The Wikidrummer

Japanese Collective Electronicos Fantasticos

Say She She – Questions

Suprasensorial – Deus criou o beat

The Cat Tale

Circum-Natação, o teaser

 

Literatura

 Apresentação do livro Circum-Natação, com presença do autor Hélder Grau Santos (Asa de Borboleta)

Poemas com Jazz com Rita Gomes e Sónia Gonçalves

 

Música

Blarmino

Dj Suprasensorial

 

Palavras pela Paz

 

 Data:16/11/2023 – Quinta-feira

Horário: a partir das 21:00 horas

Local: Liquidâmbar – Praça da República nº 28 1º – Coimbra – Portugal

Entrada: Livre

Entidade Organizadora: Aquarela Brasileira

Informações: faleaquarela@gmail.com

Share

Ulysses & Orpheu – 5 anos de Poesia e de Experiências Artísticas

31 out

Ulyssses & Orpheu_Café Santa Cruz_2023_instagram.jpg

O duo Ulysses & Orpheu atua em palcos intimistas desde 2018. Após 5 anos de estrada, entre Brasil e Portugal, este projeto apresenta agora um espetáculo comemorativo através duma atuação multidisciplinar (música, poesia, imagem, teatro).

Na Mitologia Grega, Orfeu é o símbolo por excelência das artes poéticas e musicais. Além de poeta, Orfeu era músico e cantor. Seu pai lhe presenteou com uma lira, o que o transformou num dedicado músico. Assim, quando a tocava, qualquer pessoa ficava encantada e tranquila com sua melodia. Além de seres humanos, os animais e a natureza no geral (árvores, rios, lagos, etc.) ficavam fascinados ao som de suas notas. A viagem que Orfeu, filho de Apolo e da musa Calíope, faz ao Além, em busca da amada Eurídice, representa a própria dimensão iniciática da Música, uma potência divina destilada por humanos corações.

Foi Homero, poeta grego, quem contou no seu livro Odisseia as façanhas de Ulisses, rei de Ítaca, adorado por todos os que o conheciam. Muitas e estranhas foram as viagens que fez à volta do mundo de então e de si próprio. A sua fama correu de boca em boca e todos o consideravam como o mais manhoso dos mortais e o mais valente marinheiro. Grande parte da sua vida, passou Ulisses navegando de aventura em aventura, por entre Ciclopes e Sereias encantatórias ou tentando libertar-se da misteriosa Feiticeira Circe para regressar à sua fiel Penélope. Diz-se que, nesses tempos de antigamente, não houve homem que mais sofresse e mais feliz fosse do que o espantoso Ulisses.

 

Info – faleaquarela@gmail.com

Share

Wagner Merije faz conferência no Folio 2023_Festival Literário Internacional de Óbidos

14 out
folio-logo-450x272px
O escritor, editor, jornalista e investigador da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Wagner Merije, é um dos convidados do Folio 2023, Festival Literário Internacional de Óbidos, Portugal.
No Castelo de Óbidos, em Portugal, no dia 14/10/2023, dentro da programação do Folio Educa, Wagner Merije faz uma conferência sobre os escritores José Saramago e Ignácio de Loyola Brandão.
O evento acontece na Óbidos Chocolate House e tem entrada livre.

17h00 \\\ FOLIO EDUCA

Conferência: José Saramago e Ignácio de Loyola Brandão: Lições do precipício – Uma conversa sobre utopia e distopia
Saiba mais aqui em 14 Outubro 2023 | Folio Festival

 

Share

Canção do Exílio

06 set

Canção do Exílio_07092023

Share

Sons Saberes e Sabores da Lusofonia 2023

18 jun

sons-saberes-e-sabores-da-lusofonia--1320x880

 

O IV Festival Sons, Saberes e Sabores da Lusofonia vai decorrer nos dias 23, 24 e 25 de junho e vai juntar no Parque Manuel Braga, em Coimbra, Portugal, a cultura e gastronomia dos países de língua oficial portuguesa.

Há três espaços temáticos a visitar: a Tenda dos Sabores, onde vai ser possível provar iguarias de cada comunidade; a Tenda dos Sons, onde vai haver música e dança típicas das comunidades; e a Tenda dos Saberes, no Museu da Água, onde vão ser apresentados livros e promovidas conversas com os autores. O escritor e editor Wagner Merije será um dos mediadores.

O festival é organizado pela União de Freguesias de Coimbra e pela Câmara Municipal de Coimbra.

 

Lusofoniia-1-1007x616

São três dias dedicados à cultura e à gastronomia dos países oficiais de língua portuguesa. O festival vai decorrer na margem direita do rio Mondego, no Parque Manuel Braga, onde vão estar instaladas várias tendas temáticas: dos Sabores, onde vai ser possível provar iguarias de cada comunidade, dos Sons, um palco aberto à dança e à música, incluindo as canções de além-mar; e dos Saberes, onde vão ser divulgados e apresentados livros e promovidas conversas com os autores.

O festival começa na sexta-feira, dia 23 de junho, às 18h00 e, nesse dia, prolonga-se até às 24h00. O destaque do dia vai para a gastronomia de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Às 18h15, vai ter lugar o primeiro momento musical na Tenda dos Sons, com Pedro & Mel, acompanhados por Felipe Barão (Brasil). Já às 18h45, no Museu da Água, vai ser inaugurada a exposição “Línguas em Português”, que reúne trabalhos de alunos do Colégio Bissaya Barreto. Vai haver lugar, ainda, para uma conversa com o escritor angolano João Melo, sobre a obra “Será Este Livro Um Romance?”, apresentada por Pires Laranjeira, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. A conversa vai ser moderada por Rui Amado e Wagner Merije. Às 21h30, Nelson Saron Band, de Angola, vai encher a Tenda dos Sons.

 

No sábado, dia 24 de junho, o festival começa às 12h30 e termina às 24h00. Do programa de sábado, destaque para um desfile de moda de São Tomé e Príncipe, às 15h30, e a atuação do grupo cabo-verdiano Judepina & Banda, às 16h00. Às 17h00, no Museu da Água, vai ter lugar uma conversa com os escritores Zetho Cunha Gonçalves (Angola), Ronaldo Cagiano (Brasil) e Jaime Rocha (Portugal), com moderação de Rui Amado e Wagner Merije. Às 17h30, atua a QUARENTUNA e, a partir das 18h15, na Tenda dos Sabores, vai decorrer um momento de degustação, com versos Vira-Latas, com o Colectivo BALEIA (Brasil). Seguem-se concertos musicais, com o Coro das Mulheres da Fábrica (Portugal), o Grupo de Danças Tradicionais (Moçambique) e Pantera Mirex-g “King of Swag” (Moçambique).

 

No último dia, domingo, o festival decorre das 12h30 às 19h00. O dia é preenchido com momentos de degustação, música e conversas com escritores. Neste último campo, destaque para uma conversa com os escritores Olinda Beja (São Tomé e Príncipe), Aurelino Costa e Rosa Fonseca (Portugal), com acompanhamento musical de Hector Costa e moderação de Rui Amado e Wagner Merije. O encerramento do festival vai ter música e dança, com as Batucadeiras “Ramedi Terra Vitória” (Cabo Verde) e a Tribo da Dança.

Share

Wagner Merije na 6ª edição do Festival Literário Internacional do Interior – FLII

10 jun

Flii 2023-capa

O escritor, editor, jornalista e criador multimedia, Wagner Merije, participa da 6ª edição do Festival Literário Internacional do Interior – FLII Palavras de Fogo, que ocorre em Portugal, em homenagem às vítimas dos incêndios florestais que ocorreram no país europeu.

O Festival Literário tem como lema “A arte e a cultura como reanimadores de uma região e de um povo”.

PROGRAMA

16 de Junho

15h00 – Estabelecimento Prisional de Coimbra

“Eu nem sequer gosto de escrever, Acontece-me às vezes estar tão desesperado que me refugio no papel como quem se esconde para chorar. E o mais estranho é arrancar da minha angústia palavras de profunda reconciliação com a vida.” – Eugénio de Andrade

Painel – Nora Nadjarian, Ricardo Fonseca Mota e Wagner Merije

Moderadora – Paula Breia

Momento de leitura pelos reclusos

18h00 – Lagoa Velha Almoster

No renascer das cinzas há palavras com o autor Wagner Merije

Este festival tem como patrono Sua Exª o Senhor Presidente da República de Portugal, e como parceiros associados a Delegação Regional da Cultura do Centro, a Universidade de Coimbra, a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e o Plano Nacional de Leitura (PNL).

Trata-se de um evento intermunicipal, daí o seu caráter inovador, que decorrerá em dez concelhos da região afetados pelos fogos, com o objetivo de levar os livros e os escritores aos sítios mais inusitados e imprevisíveis, como fábricas, campos, praias, igrejas, mercados, romarias, locais onde as pessoas trabalham e convivem. Os livros vão ao encontro dos públicos porque também eles têm saudades.

Esta edição celebra os centenários de Eduardo Lourenço, Eugénio de Andrade, Mário Cesariny, Natália Correia e Urbano Tavares Rodrigues, bem como os 50 anos da Associação Portuguesa de Escritores, com o tema “Pensamento, palavras, poesia. Língua de fogo na Imensa boca dessa angústia”. E porque este é um festival de causas, serão abordar questões candentes para o devir do mundo, desde logo a emergência ambiental.

Este festival congrega autarquias / instituições dos concelhos de Alvaiázere, Ansião, Arganil, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Góis, Lousã, Miranda do Corvo, Pedrógão Grande, Tábua.

As bibliotecas municipais e as redes de bibliotecas escolares são cruciais na organização do FLII – Palavras de Fogo.

A decorrer de 15 a 18 de junho de 2023, em dez concelhos dos distritos de Coimbra e Leiria, o FLII – Palavras de Fogo, pretende envolver todos os agentes de desenvolvimento, de todos os municípios participantes e todos os talentos locais, em todas as atividades a realizar em simultâneo: ações de formação, concursos, palestras, workshops, leituras, feiras do livro, espetáculos, multimédia, performances, instalações, exposições, para e com todos os públicos de todas as faixas etárias.

O conceito subjacente a este festival é o de uma realização sinérgica, catalisando os recursos dos municípios e outras instituições integrantes do consórcio, rentabilizando e potenciando o melhor que cada um possui, num esforço conjunto de superar as adversidades. E, em nome da palavra regeneradora, onde houver pessoas haverá livros.

Eles estarão nos sítios mais inesperadas, à mão de quem os quiser ler, os escritores portugueses e estrangeiros irão aos locais mais surpreendentes, os livros e as palavras farão novamente renascer a cor por entre o negrume.

Durante o mês de junho haverá novamente a residência literária, cujos convidados percorrerão os concelhos do consórcio.

O FLII Palavras de Fogo conta ainda com a parceria de vários congéneres internacionais: Jaipur Literature Festival (Índia), FLIPoços, (Brasil), Book Worm (China), Festival de Poesia de Chepén Chepén (Peru), Ake Festival (Nigeria), Literary Festival (Dubai), entre outros.

Wagner Merije escreve sobre pessoas, lugares, sentimentos e acontecimentos. É autor de Sol do novo mundo – Fatos e curiosidades sobre a Independência do Brasil e outras guerras e revoluções que impactaram o mundo (2022), Conhece-te a ti mesmo – Pensamentos e práticas à procura de novas primaveras (2021), Psyché & Hamlet vão para Hodiohill (2019), Astros e Estrelas – Memórias de um jovem jornalista em Londres (2017), Cidade em transe (2015), Mobimento – Educação e Comunicação Mobile (2012) – finalista do Prêmio Jabuti 2013 na categoria Educação, dentre outros. Editou obras de Fernando Pessoa, Camões, Antero de Quental, Florbela Espanca, Camilo Castelo Branco, Mário de Sá-Carneiro, Camilo Pessanha, Pêro Vaz de Caminha, dentre outros.

Wagner Merije_Saramago

 

The writer, editor, journalist and multimedia creator, Wagner Merije, participates in the 6th edition of the International Literary Festival of the Interior – FLII Palavras de Fogo, which takes place in Portugal, in honor of the victims of the forest fires that occurred in the European country.

The Literary Festival has as its motto “Art and culture as reanimators of a region and a people”.

PROGRAM

 June 16th Coimbra Prison 15h00

“I don’t even like to write, I sometimes feel so desperate that I take refuge in paper like someone hiding to cry. And the strangest thing is to extract from my anguish words of profound reconciliation with life.” –  Eugénio de Andrade

Panel – Nora Nadjarian, Ricardo Fonseca Mota and Wagner Merije

Moderator – Paula Breia

Moment of reading by the recluses

 

June 16th Lagoa Velha Almoster  6 pm

In the rebirth of the ashes the words of the author Wagner Merije

This festival is patronized by His Exª the President of the Republic.

The associated partners are the Regional Delegation of Culture of the Centre, the University of Coimbra, the Directorate-General for Books, Archives and Libraries (DGLAB), the School Libraries Network (RBE) and the National Reading Plan (PNL).

This is an inter-municipal event, hence its innovative character, which will take place in ten municipalities in the region affected by the fires, with the aim of taking books and writers to the most unusual and unpredictable places, such as factories, fields, beaches, churches, markets, pilgrimages, places where people work and live. The books reach out to the public because they too miss it.

This edition celebrates the centenary of Eduardo Lourenço, Eugénio de Andrade, Mário Cesariny, Natália Correia and Urbano Tavares Rodrigues, as well as the 50th anniversary of the Portuguese Writers Association, with the theme “Thought, words, poetry. Tongue of fire in the Immense mouth of this anguish”. And because this is a festival of causes, we intend to address burning issues for the future of the world, from the outset the environmental emergency.

This festival brings together municipalities / institutions from the counties of Alvaiázere, Ansião, Arganil, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Góis, Lousã, Miranda do Corvo, Pedrógão Grande, Tábua.

Municipal libraries and school library networks are crucial in organizing FLII – Palavras de Fogo.

Taking place from June 15 to 18, 2023, in ten municipalities in the districts of Coimbra and Leiria, FLII – Words of Fire, aims to involve all development agents, from all participating municipalities and all local talents, in all areas activities to be carried out simultaneously: training actions, competitions, lectures, workshops, readings, book fairs, shows, multimedia, performances, installations, exhibitions, for and with all audiences of all age groups.

The underlying concept of this festival is that of a synergistic achievement, catalyzing the resources of the municipalities and other institutions that are part of the consortium, making the most of and leveraging the best that each one has, in a joint effort to overcome adversity. And, in the name of the regenerating word, where there are people there will be books. They will be in the most unexpected places, at the hand

of anyone who wants to read them, Portuguese and foreign writers will go to the most surprising places, books and words will once again revive color amidst the darkness.

During the month of June there will again be a literary residence, whose guests will tour the consortium’s councils.

FLII – Words of Fire, also has the partnership of several international litfests, such as: Jaipur Literature Festival (India), FLIPoços, (Brazil), Book Worm (China), Chepén Chepén Poetry Festival (Peru), Ake Festival (Nigeria), Literary Festival (Dubai), among others.

Wagner Merije writes about people, places, feelings and events. He is the author of Sol do novo mundo – Facts and curiosities about the Independence of Brazil and other wars and revolutions that impacted the world (2022), Know yourself – Thoughts and practices in search of new springs (2021), Psyché & Hamlet go to Hodiohill (2019), Stars and Stars – Memoirs of a young journalist in London (2017), City in a trance (2015), Mobimento – Mobile Education and Communication (2012) – finalist for the 2013 Jabuti Prize in the Education category, among others. He edited works by Fernando Pessoa, Camões, Antero de Quental, Florbela Espanca, Camilo Castelo Branco, Mário de Sá-Carneiro, Camilo Pessanha, Pêro Vaz de Caminha, among others.

Share

Ignácio de Loyola Brandao e a cidade em ruínas

23 maio
Ignácio de Loyola Brandao e a cidade em ruínas-WaRAM_color

Ignácio de Loyola Brandao e a cidade em ruínas_color. Autoria: WaRAM

 

Ignácio de Loyola Brandao e a cidade em ruínas-WaRAM_b&w

Ignácio de Loyola Brandao e a cidade em ruínas_b&w. Autoria: WaRAM

Share

Translate »